Como Cuidar de Orquídeas em Apartamento

Veja 4 problemas para se observar para cuidar de orquídeas em apartamento.

Você é daqueles que gosta de orquídeas, mas não tem um quintal para o cultivo por morar em apartamento. Venho lhe dize que é totalmente possível cuidar das orquídeas em apartamentos, claro que com alguns cuidados específicos.

1° Sol

Depende muito do seu apartamento. Caso onde more seja cercado por outros prédios provavelmente terá dificuldade em aproveitar a luz solar. Procure colocar suas plantas em locais que fiquem exposto ao sol pela manhã.

Outra situação possível é que seu apartamento(Varanda/Janela) onde ficará sua orquídea receba calor durante todo o dia. Nesses casos é recomendável se utilizar de cortinas para a proteção da planta. Isso vai auxiliar com o controle da luz e do calor.

2° Vento

O primeiro passo é voltado para quem vive em um andar muito alto, devido ao vento ser mais forte em andares elevados, se torna necessário tomar cuidado para que a umidade da planta não seja prejudicada. Fique atento às janelas, que não podem ficar sempre abertas ou sempre fechadas (procure dosar a ventilação). Se as plantas estejam na varanda, invista em um ant eparo que proteja-a do vento.

Lembre-se que os ventos também pode derrubar sua orquídea, considere colocar uma camada maior de drenagem (brita, telha) dentro do vaso para deixá-lo mais pesado .

Como Cuidar de Orquídeas em apartamento e obter sucesso

3° Umidade

Como já foi falado os ventos pode ocasionar a perda de umidade da planta. Quanto mais alto for o apartamento maior será a corrente de vento. Isso faz evaporar a água com mais rapidez.

Ambientes em altas altitudes, tendem a ser extremamente secos, a baixa umidade relativa do ar pode desidratar e debilitar a planta. Procure misturar substratos que retenham a umidade, como esfagno e coxim de coco.

Outra importante ferramenta para contornar o problema da baixa umidade são os humidity trays. Nada mais é que bandejas contendo uma lâmina permanente de água sobre a qual os vasos se apoiam, adicione cascalho ou brita a bandeja.

Umidificadores de ar ajudam bastante a amenizar o problema de baixa umidade.

4° Adubação/ Rega

O segredo da adubação de orquídeas em apartamento é adaptar-se conforme a estrutura do espaço. Dê preferencia para adubos químicos, em ambientes fechados o cheiro dos adubos orgânicos pode incomodar e atrair insetos.

Dependendo do seu apartamento será necessário conduzir suas orquídeas para a pia para regá-las. Uma boa dica é utilizar borrifador para o dia-a-dia e vez ou outra dar aquele banho na sua planta.

Guia Completo Sobre Orquídeas Clique Aqui

Como Plantar Orquídeas em Vasos

Destacado

Você ganha ou decide comprar uma orquídea, porém não tem experiência no cultivo dessas maravilhosas plantas, logo se pergunta como plantar? Posso plantar em vasos? Se sim. Como plantar orquídeas em vasos? Quais procedimentos devo seguir? Leia até o final que todas suas dúvidas serão tiradas.

Por onde começar

Em geral as orquídeas podem ser plantadas em vasos, vale lembrar que é necessário que se tenha alguns cuidados. A profundidade do vaso deve ser necessariamente no mínimo dois dedos maior que o bulbo. Não é recomendado a utilização de vasos grandes por reter muito a umidade, o que pode ocasionar no apodrecimento das raízes.(Podridão Negra).

Será necessária uma tesoura para recortar as raízes que mortas. Essas raízes são fáceis de identificar por serem escuras e ocas. É necessário que se esterilize a tesoura antes de cortar as raízes. Leve a tesoura na chama do fogão por cerca de dois minutos.

Plantio

Feito isso, vamos a preparação do vaso para receber a planta. No fundo do vaso coloque pedras, para permitir uma rápida drenagem. Coloque a planta sobre as pedras e complete com substrato de sua escolha de modo que firme sua orquídea em pé. Caso seja um tipo de espécie maior será necessário algo para dar sustentação – arame, bambu etc. – use o que tiver em casa.

Substrato é o material utilizado para acomodar as orquídeas no vaso. Existem uma grande variedade de opções no mercado as mais comuns são: musgo seco, chip ou fibra de coco, mistura de casca de pinus com carvão e pedrisco.

Já para adubação pode ser utilizada tanto adubos orgânicos quanto químicos. Esses adubos são facilmente encontrados em casas de jardinagem. Uma dica é evitar colocar a adubação em contato direto com as raízes da planta.

Ambiente

Qual deve ser o ambiente em que estará plantada minha orquídea? Será necessário um local com boa luminosidade. Ela é essencial para o florescimento. O excesso de luminosidade deixa as folhas amareladas.

Outra preocupação é com a umidade do ambiente, quando seco acaba desidratando a planta. Por causa disso é recomendado que em dias de muito calor se utilize um borrifador para espalhar água pelo local. Assegure de fazer isso duas vezes ao dia pela manhã e ao entardecer.

Aprenda mais sobre como plantar orquídeas em vasos e tudo sobre o cultivo de orquídeas clique aqui

Floração

Seu florescimento costuma ser de uma vez por ano para plantas não híbridas. Plantas híbridas costumam florescer com mais frequência.

Após certo período é recomendado refazer o replantio. Passados dois anos troque-a de substrato.

Assista o vídeo para um melhor entendimento e para mais dicas.