Como Replantar Orquídeas

Saber como replantar orquídeas é fundamental para que a sua flor tenha saúde no momento em que você for mudá-la de lugar. Afinal de contas, esse processo, se não for bem feito, pode prejudicar bastante o crescimento.

Como você já sabe, as orquídeas são flores bem sensíveis, e que demandam muita atenção. Elas precisam ser cuidadas de uma forma correta para que cresçam saudáveis e bonitas.

Uma das coisas mais importantes é saber exatamente quando é hora de fazer o replantio. Geralmente isso pode ser medido através da análise do substrato, que, em determinado momento, precisa ser refeito.

Com o tempo, o substrato começa a se desfazer. Consequentemente, ele se torna mais ácido, o que prejudica a flor, pedindo a troca. Esse pode ser também o momento perfeito para que você mude a sua planta de vaso.

Tudo O Que Você Precisa Saber Sobre Como Replantar Orquídeas!

Não pense você que basta pegar a planta com substrato e tudo e passar para outro espaço. O maior cuidado que você precisa ter é com as raízes, que costumam ficar muito fixas ao substrato.

Você pode depreender colocando o vaso embaixo de uma água corrente não muito forte. Isso vai facilitar um pouco o manuseio das raízes.

Consequentemente, você correrá menos risco de quebrar a flor enquanto está desprendendo para passar para o novo ambiente.

Limpeza da planta:

Outro ponto essencial é a limpeza da planta. Você deverá remover todos os resquícios do substrato vencido para que ela consiga se fixar no novo local.

Porém, isso precisa ser feito de maneira cuidadosa, para evitar que a flor se quebre. Também é a hora perfeita para fazer a poda das raízes.

Colocando A Orquídea No Novo Local!

Uma vez que a raiz esteja podada e limpa, você poderá transferir a flor para o novo local. No ímpeto de fazê-la florescer com saúde nesse novo ambiente, muitas pessoas acabam perdendo a mão na adubação.

Para começar, a adubação varia bastante de uma orquídea para a outra. Existem alguns tipos que preferem uma terra menos adubada, como é o caso das orquídeas selvagens.

Mas, de qualquer forma, os especialistas indicam que nesse processo de replantio, uma das dicas mais importantes é justamente que ela não seja adubada nos primeiros dias. f

Isso facilitará que a flor se adapte ao ambiente com maior facilidade, e consiga se fixar no substrato de maneira mais eficiente.

Cuidados Essenciais Na Hora De Replantar!

Se você pretende fazer o replantio de sua orquídea, saiba que isso não deve ser feito por capricho, mas sim se for estritamente necessário. Uma das formas de observar é caso a flor esteja muito apertada no vaso.

Em média, o replantio pode demorar mais de um ano para acontecer. Tenha bastante atenção para não fazer isso em excesso, e escolha muito bem o local para onde vai transportá-la.

Como saber se o replantio deu certo?

Agora que você já sabe como replantar orquídeas, deve estar se perguntando como saber se deu certo todo o processo. Uma das maneiras é observando se a flor está se enraizando com qualidade.

Tenha o cuidado de manter a flor bem reta, de modo que ela não fique tombada, pois, isso vai danificar a sua estrutura. Para tal, utilize uma estaca que mantenha a flor em pé.

Seguindo esses passos, provavelmente você terá bastante sucesso na hora de replantar orquídeas. Fique atento para ver a hora certa de fazer isso, e não abuse dessa possibilidade.

As Orquídeas acabam se adaptando aos ambientes, e mudar nem que seja necessário pode comprometer a saúde da flor.  Replantar orquídeas deve acontecer apenas quando há necessidade.

Aprenda mais sobre orquídeas CLIQUE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *